CONQUISTA

2017-04-30-PHOTO-00000695

TRÊS COROAS – RS

Vivemos uma luta diária pelo nosso direito de utilizar os espaços denominados skatepark. Como todos sabem, sofremos muitas discriminações e ameaças por praticar o BMX nesses espaços. Ouvimos sempre a mesma desculpa: “Bike estraga a pista”, “Vocês não ajudaram” ou “Essa pista é para skate”, enfim… Mas, de um tempo pra cá, estamos conquistando e ganhando a causa. Exemplos são as pistas de São Bernardo dos Campos/SP, a Pista Pública de Esportes Radicais de Portão/RS, a Pista de Esportes Radicais da cidade de São José/SC, o Centro de Esportes Radicais/SP e Mooca entre outras.

Sim, as pistas são públicas! Mas o que muda de uma na qual pode e a que não pode andar? Muito é devido ao engajamento do pessoal do BMX na causa de ter uma pista pública, se envolver desde o início da primeira reunião, mostrar interesse, dar idéia, dizer: “Opa! Eu tenho esse direito também e quero andar”. Vejo muitas pistas sendo construídas onde não vejo a participação dos atletas do BMX. Ficam acomodados esperando a pista ficar pronta. Enquanto isso, rola uma certa influência dos skatistas dizendo para as autoridades ou responsáveis pela construção da pista que a bike estraga, prejudicando o nosso rolé.

A pista de Portão/RS é um belo exemplo. Ela foi conquistada pela galera da bike, onde participaram de todo o processo da pista, desde a primeira reunião, mudança de projeto (sim, seria uma plaza) e acompanhamento da obra. Qual o resultado disso tudo? Pergunte para qualquer BMX´s que anda ou andou em Portão: RESPEITO ao nosso esporte e sem problema de convivência.

15109482_1065552196891035_7214660147195263926_n

PISTA PÚBLICA , PORTÃO – RS

A pista de Portão em maio de 2017, completa 5 anos da inauguração. Temos uma pista sem um único buraco ou coping amassado pelas ditas pedaleira de aço! Qual o segredo? Concordo a bike pode danificar uma pista, porém uma pista mal construída ou usando material de baixa qualidade a vida útil diminui rapidamente. Mas a partir do momento que você participa, supervisiona e cobra QUALIDADE na obra e com acompanhamento técnico profissional, com certeza será construído um excelente espaço e todos vão poder andar, democraticamente, na mesma pista. Não estou defendendo que uma pista que não participei no projeto ou construção eu não tenho o direito de andar! Estou reforçando que devemos nos envolver mais, participar mais! VAMOS SAIR DA ZONA DE CONFORTO! Recentemente foi inaugurada a Pista de Skate e BMX da cidade de Três Coroas, situado no Vale do Paranhana no Rio Grande do Sul. O projeto teve iniciativa da galera do skate e bmx, e quem fez a frente do BMX  e do projeto foi o Émerson Fraga (atleta de bmx e fotográfo) local de Três Coroas, onde acompanhou todo o projeto do início ao fim, sendo participativo e dando opiniões. É sobre isso que estamos falando e alertando, procure se informar se há reuniões marcadas, reúne a galera local ou das cidades vizinhas e participem das reuniões. Lembrando que esse espaços não são privados, e sim espaços públicos e todos têm o direito de participar das reuniões para discutir e opinar, pois envolve verba pública municipal ou federal.

111840_3098dcf021cccbd6809dcef49cf889da1203413028

PISTA PÚBLICA, TRÊS COROAS – RS

Em uma revista da Bici Sport de 2002, o repórter perguntou para o Matt Hoffman: “Então o que falta para os brasileiros alcançarem o nível dos gringos?” Hoffman responde: “Nada. Os brasileiros têm seu braços, pernas e sua mentes. O resto, depende deles.” Sabemos o quanto pode ser difícil, mas pensa como pode ser prazeroso desfrutar de um lugar que no qual você lutou pra conquistar e poder andar sem problema algum com seus amigos!

Então amigos vamos a luta!

Estamos a disposição para ajudar!

Texto de Fabiano Garcia (Presidente da AGBMXF)

   Associação Gaúcha de Bmx Freestyle .