FINAL ALUCINANTE NO BMX SUPER SPINE TOUR 2017

Andre Jesus confirma o favoritismo, vence a etapa final e conquista o bicampeonato do circuito.

andre_jesus_super_flair

No último final de semana – 27, 28 e 29/10 – aconteceu a etapa final do BMX Super Spine Tour 2017, no Via Vale Garden Shopping, em Taubaté – SP, reunindo os principais atletas brasileiros de BMX freestyle em uma disputa emocionante pelo título do circuito 2017. Confirmando o favoritismo, André Jesus venceu a etapa de Taubaté e garantiu o bicampeonato do BMX Super Spine Tour com uma apresentação explosiva, com combinações que impressionaram o público e os juízes. Em segundo lugar, Douglas Oliveira, que mostrou porque é considerado um dos atletas mais completos do Brasil, e em terceiro lugar, Caio Rabisco, que arriscou tudo nas suas voltas que faturou também a disputa de Melhor Manobra com um “Cannonball Bar Spin”.

Pódio da etapa final do BMX Super Spine Tour 2017 (foto: Blue Herbert)

Pódio da etapa final do BMX Super Spine Tour 2017 (foto: Blue Herbert)

Destaque para Marcelo Kaçote, que ficou em 6o lugar na etapa final e levou o público ao delírio na disputa da Melhor Manobra. Fez uma tentativa de um “Double Back Flip”, manobra considerada quase impossível de executar no obstáculo central da rampa do BMX Super Spine Tour. Por muito pouco o atleta não acertou a manobra. Sem dúvidas a melhor disputa de melhor manobra de todo o circuito, um show a parte para o público que acompanhou ao vivo ou pelo Facebook da Dream BMX.

marcelo_kaçote_tailwhip_no_super_spine (1)

Confira a Classificação Geral da etapa final do BMX Super Spine Tour:

1o – André Jesus, 26 anos, Ferraz de Vasconcelos – SP: 25,50 pontos;
2o – Douglas Oliveira, 26 anos, São Bernardo do Campo – SP: 24,45 pontos;
3o – Caio Rabisco, 23 anos, São Bernardo do Campo – SP: 23,35 pontos;
4o – Danilo Ferrugem, 27 anos, Ponta Grossa – PR: 23,20 pontos;
5o – Anderson Kakaroto, 21 anos, Jundiaí – SP: 22,99 pontos;
6o – Marcelo Kaçote, 30 anos, Penha – SC: 22,23 pontos;
7o – Paulo Saçaki, 28 anos, Maringá – PR: 22,30 pontos;
8o – Cauan Madona, 22 anos, São José dos Campos – SP: 20,15 pontos;
9o – Gabriel Du Race, 23 anos, Taubaté – SP: 19,40 pontos;
10o – Carlos Cavet, 28 anos, Curitiba – PR: 17,10 pontos.

Após 5 etapas, confira a Classificação Geral da 3a edição do BMX Super Spine Tour:

1o – André Jesus, 26 anos, Ferraz de Vasconcelos – SP: 927 pontos;
2o – Caio Rabisco, 23 anos, São Bernardo do Campo – SP: 800 pontos;
3o – Cauan Madona, 22 anos, São José dos Campos – SP: 740 pontos;
4o – Danilo Ferrugem, 27 anos, Ponta Grossa – PR: 670 pontos;
5o – Anderson Kakaroto, 21 anos, Jundiaí – SP: 640 pontos;
6o – Francisco Torres Gil, 21 anos, Cordoba – Arg: 500 pontos
7o – Douglas Oliveira, 26 anos, São Bernardo do Campo – SP: 450 pontos;
8o – Gabriel Du Race, 23 anos, Taubaté – SP: 424 pontos;
9o – Paulo Saçaki, 28 anos, Maringá – PR: 374 pontos;
10o – Carlos Cavet, 28 anos, Curitiba – PR: 300 pontos.

Para acessar a Classificação Geral completa do BMX Super Spine Tour 2017 acesse: http://www.bsstour.com.br

O BMX Super Spine Tour se despede da temporada 2017 com a sensação de dever cumprido. O circuito levou esporte, cultura da bicicleta, entretenimento e muita emoção para um público de quase 200 mil pessoas nas cinco cidades do Sul e Sudeste do Brasil por onde passou, além de outras 350 mil pessoas alcançadas pelas redes sociais e mídias espontâneas. Contou com a participação de mais de 50 atletas profissionais de BMX Freestyle de praticamente todos os estados brasileiros, além de atletas argentinos, venezuelanos, chilenos e colombianos. Sem dúvidas a temporada fez história no BMX Freestyle brasileiro.
O BMX Super Spine Tour é uma realização do Grupo Tenco, que administra 12 shoppings no território nacional e da Dream BMX, principal distribuidora de BMX no Brasil, que juntos, desde 2015, vem consolidado o BMX Super Spine Tour como a principal competição de BMX profissional da América do Sul e proporcionando ao esporte e atletas a valorização necessária para o crescimento e profissionalização do BMX Freestyle no Brasil.